ZTOP

Gadget do dia: Nikon Coolpix P6000 com GPS

Pressionada por cima pelas D-SLR de entrada e cutucada por baixo pelos modelos de bolso, as câmeras de médio porte para usuários avançados e entusiastas andam meio sumidas do mercado, apesar das PowerShot série G da Canon e as Coolpix série P da Nikon ainda manterem vivo o conceito da câmera (mais ou menos) compacta, porém de alto desempenho e recheada de recursos e alguns superlativos.

O mais novo exemplo dessa linha é a Coolpix P6000 da Nikon, uma compacta de 13,5 megapixels capaz de capturar imagens de até 4.224 x 3.168 pixels e equipada com visor LCD de 2,7″, objetiva Nikkor de 6~24 mm (28~112 mm em sistemas 35mm) / f2,7~5,9 com estabilizador de imagem (lens-shift) e um recurso ainda pouco explorado numa câmera de uso casual: sensor GPS.

Esse conceito já foi explorado no passado pela Sony (na forma de acessório) e permite registrar na foto, além da data e hora as coordenadas espaciais (latitude e longitude) do local onde a mesma foi tirada, as chamadas geotags.  Assim é possível associar as fotos em qualquer programa capaz de ler e interpretar essas informações e marcá-los em um mapa — atualmente apenas no Nikon ViewNX — e quem sabe, no futuro em novas aplicaçõs baseadas em Google Earth?  E para facilitar ainda mais as coisas, a P6000 também vem com uma porta Wi-Fi de modo que as imagens podem ser transmitidas rapidamente e mesmo à  distância para um PC e de lá para a internet.

Essas geotags podem ser muito interessantes em aplicações tanto profissionais como trabalhos em campo, , perícias, relatórios de acidentes ou de fiscalização, inventários quanto em atividades de lazer, como por exemplo, mostrar em um mapa os locais onde o usuário passou nas suas viagens de férias e as fotos tiradas em cada local. Sucesso garantido para matar de inveja os amigos que ficaram ralando no escritório. O perigo é eles saberem onde você vai estar no dia seguinte e alugarem um especialista em dança de chuva para te mandar um pé d’água e mais uns raios de brinde.

A Coolpix P6000 deve chegar ao mercado americano no iní­cio de setembro pelo preço inicial de US$ 499,95.

Mais informações aqui.

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World. Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.