ZTOP

Gadget do dia: Magellan Roadmate 9265 Truck (GPS para caminhões)

O Magellan Roadmate 9265 Truck poderia ser um GPS convencional, com tela grande de 7 polegadas sensível ao toque, mapas recentes, alertas de trânsito em tempo real. Mas tem um adicional interessante: não foi feito para uso em carros de passeio, mas sim por caminhões, furgões e até mesmo tratores (!)

A grande diferença desse aparelho são as funções voltadas para o caminhão: o condutor define no GPS o perfil do veículo…

… e o GPS tem pré-configurações dos dados do veículo, com peso, altura, comprimento e até definir se ele carrega algum material perigoso. Desse modo, consegue calcular rotas nas cidades brasileiras baseado nas informações – sem, por exemplo, entalar embaixo alguma ponte de  São Paulo.

Também dá para configurar o GPS pelo perfil do motorista e definir paradas em determinados pontos de tempo em tempo.

O Magellan Roadmate 9265 Truck tem ainda saída A/V para conectar acessórios, Bluetooth para usar como viva-voz do telefone e mapas atualizáveis automaticamente, de acordo com a fabricante.  O preço sugerido do GPS para caminhões é de R$ 1.299.

Em tempo: a Magellan é novata no mercado brasileiro e vai lançar um monte de produtos neste semestre (GPS de carro com tela de 4 a 7″, GPS para esportes/aventura e até mesmo um dock para iPhone com GPS integrado – mas não entendi duas coisas: o GPS com Windows Mobile para esportes – sim, Windows Mobile, esse defunto, e um case protetor/tanque de guerra com bateria extra e GPS para iPhone 3G/3GS).

Eu, particularmente, acho GPS de carro algo que vai se extinguir com o tempo (Google Maps/Nokia Maps em tudo que é smartphone está aí para provar isso). O pessoal da Magellan acredita que as tecnologias são complementares – assim como a gente (ainda) tem uma câmera fotográfica para complementar as fotos do celular, o GPS de carro (num mercado que a Magellan estima em 1,6 milhão de unidades vendidas no Brasil todo em 2012) vai continuar a existir.

 

 

Henrique Martin já escreveu na PC World, PC Mag, Folha de S. Paulo e criou o Zumo em 2007. Em 2011, o Zumo se transformou no ZTOP, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC. Siga-o no Twitter: @henriquemartin

  • Tilpa

    >Eu, particularmente, acho GPS de carro algo que vai se extinguir com o tempo
    Eu gostaria muito que o GPS dos smartphones conseguisse esse feito.
    Mapas offline de verdade, com cálculo de rota já são quase uma realidade.
    Porém ainda falta bastante esforço na parte de captação de sinal. As antenas de GPS utilizadas nos smartphones ainda têm muito a melhorar.
    Quem tiver paciência, e quiser ver um pouco mais sobre as limitações de GPS em celulares
    causados pelo design pobre nas antenas, vide http://www.gpsworld.com/professional-oem/componen….

  • Eu usava o iGo no iPhone, mas o negócio enxuga a bateria rapidinho e eu não encontrei um carregador veicular decente. Além disso ele perdia a conexão sempre que alguém me ligava.

    Eu acho que os GPS vão morrer à medida em que o rádio do carro tiver GPS integrado, como já ocorre na maioria dos carros médios e de luxo na Europa.

    Ou então algo como o Pioneer App Radio, ou o dock da Oxygen pra iPhone. Na verdade estou louco para dar um jeito de integrar o iPhone e iPad com o som do carro, mas ainda não encontrei nada decente. Nada que eu possa ligar o gadget e rodar vídeos usando os alto-falantes do carro, por exemplo.

  • o meu n8 tem um ótimo sistema de navegação,
    mas que ainda fica atrás de um bom GPS…

    Planejamento de Rota (incluindo off-line), configuração de informações na tela, extrair dados para desktop/Google Earth, importar dados da comunidade (tacksource.com.br) ainda são limitações que os programas de smartphones não tem…

    O MobileXT da Garmin (no Windows Mobile, PalmOs e Symbian) permitia essas coisas, mas com muitos bugs entre elas.

    E PPC (sim, o antigo nome do windows mobile) ainda é padrão na comunicação de aparelhos industriais/dedicados.
    Trabalho com monitoramento hidrológico e temos 3 aparelhos cujos programas "mobile" se conectam – via bluetooth – apenas com windows mobile.

  • marcelo

    preciso saber se ele tambem serve para carretas com 50 toneladas com comprimento de 20 mts resp urgente por favor