ZTOP

Gadget do dia: LOMO La Sardina

Depois da LC-Wide, a Sociedade Lomográfica anuncia nova linha de toy câmeras inspiradas em latas de conserva (Ay Caramba!).

Disponível em quatro modelos — El Capitain (vermelho), Fischers Fritze (azul), Marathon (verde) e Sea Pride (azul escuro/branco) — o design do La Sardina (ou seria La Sardiña) foi inspirada em latas do referido pescado (que para mim, parece mais lata de Altoids) com suas coloridas ilustrações de estilo retrô muito popular  entre produtores de frutas e pescados da Califórnia até a década de 1950, tanto na frente quanto atrás. A propósito, o material usado no seu corpo parece ser realmente metal/lata.

Todas vem equipadas com uma lente grande angular de 21 mm cujo ângulo de visão (91 graus) não é tão aberto quanto o da LC-Wide mas que atende bem ao seu público alvo, mais interessado em tirar fotos casuais de paisagens e de grupos.

Como era de se esperar de uma toy camera, suas especificações técnicas são bastante modestas contando com apenas uma única abertura focal (f 8.0), duas velocidades de obturador (1/100 e B) e dois ajustes de foco (0,6 ~ 1 m e 1 m ~ infinito) ou seja, ela se encaixa bem no conceito do Point and Shoot que podem resultar em imagens bastante imprevisíveis, bem ao gosto dos adeptos da marca.

Dois desses modelos (El Capitain e Fischers Fritze) já vem com flash dedicado combinando. O Marathon e o Sea Pride possuem podem utilizar esse mesmo flash mas a cor não irá bater.

Ele utiliza filme analógico 135 (35 mm), o contador do filme é automático e é possível fazer múltiplas exposições. Curiosamente, o botão de disparo aceita cabo disparador mecânico que pode ser útil, principalmente em longas exposições.

Ele possui encaixe de rosca de 1/4 de polegada o que permite fixá-lo num tripé padrão de mercado.

Curiosamente, essas câmeras já estão a venda no site da Sociedade Lomográfica aqui do Brasil. O preço sugerido para os modelos com flash incluso é de R$ 279 e de R$ 155 para os modelos sem flash. Kits com filme e até com outras câmeras também estão disponíveis.

Mais informações aqui.


Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World. Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.