ZTOP

Com E7, C6 e C7, Nokia grita ao mundo: ‘estamos de volta’ (sem Meego ainda)

Como fazer um evento onde o CEO foi substituído na última semana e o principal executivo de celulares pediu as contas ontem? A abertura do Nokia World, em Londres, na manhã de hoje parecia um tanto confusa. Mas pelo menos com duas apresentações, a aposta de comunicações foi feita na base da confiança e do grito: “estamos de volta”, pelo menos nas palavras do vice-presidente de mercados Niklas Savander. E tem um monte de novos smartphones com Symbian^3: Nokia C6, C7 e E7.

O Nokia World começou tenso com a palestra de Savander. Pediu desculpas em nome do novo CEO, Stephen Elop, que não veio a Londres. E agradeceu Olli-Pekka Kalasvuo, o velho CEO que, por razões óbvias, também não está aqui. Falou do poder do novo Symbian^3, não anunciou um novo aparelho com Meego (sai até o fim do ano) e falou dos louros da Nokia – ainda que líder debilitada – no mercado de smartphones.

“Um aparelho não vai satisfazer a todos. Focar em um modelo vai levar a problemas, como câmera, navegador, teclado, telefone. Vamos continuar a fazer aparelhos que atendam necessidades e bolsos dos nossos clientes, com respeto ao planeta”, disse. “Mas é hora de mudar. Vendemos mais smartphones Nokia do que Androids e Apple combinados ao dia, com 260 mil aparelhos/dia. O Symbian vai continuar como nossa principal plataforma, com uma nova versão mais eficiente para desenvolvedores e para o usuário”, concluiu.

O foco do seu keynote foi, sem dúvida, a questão do “estamos de volta”, mas me impressionou mesmo foi o palestrante seguinte: Anssi Vanjoki (na foto acima). Ele é o cara que, bem, admitiu que o N97 tinha problemas sérios. E se Savander se mostrou energético no palco, Vanjoki gritou. Literalmente.

Falou das benesses do N8, o novo aparelho topo de linha da Nokia para 2010 (e que sai pela Claro no Brasil, de acordo com um slide de Savander). “Quem criticou o N8 por ser o ‘mesmo velho Symbian’ viu apenas fontes e widgets, não o ‘motor’ da coisa”, disse. Falou das benesses do Symbian^3, que acaba com a fragmentação do Symbian antigo (ei, Android, aprenda!). E mostrou três novos smartphones com o sistema operacional:

Da esquerda para a direita: o pequeno C6 (tela de 3,2″ AMOLED com nova tecnologia ClearBlack para “pretos mais pretos”, nas palavras de Vanjoki, preço médio estimado de 260 euros’; o irmão maior C7, com 3,5″ AMOLED, 335 euros; o já conhecido N8 e o E7, “é grande mesmo”, ressaltou o executivo, com tela de 4″, teclado QWERTY voltado ao mercado corporativo – e preço sugerido de 495 euros – todos com lançamento previsto para este ano ainda.

Vanjoki agradeceu seus 20 e tantos anos de Nokia e disse que foi o seu último keynote, pelo menos desse lado do palco. Saiu aplaudido. Agora, é conferir o que a Nokia vai fazer sob o comando de um novo executivo-chefe, com outro perfil e, bem, ele não é finlandês, o que pode ser bom para a companhia. Eu, particularmente, esperava algo novo com Meego (aparentemente o sistema operacional não está pronto ainda, e isso é um problema). O negócio é esperar até o fim do ano (e as notícias de Meego direto do front da Intel com o Nagano no IDF).

Mais tarde, um hands-on com os novos aparelhos. Até mais!

Disclaimer: Zumo se hospeda em Londres a convite da Nokia

Henrique Martin já escreveu na PC World, PC Mag, Folha de S. Paulo e criou o Zumo em 2007. Em 2011, o Zumo se transformou no ZTOP, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC. Siga-o no Twitter: @henriquemartin

  • Pingback: Tweets that mention Zumo Blog: Tecnologia. Opinião. Inteligência. » Com E7, C6 e C7, Nokia grita ao mundo: ‘estamos de volta’ (sem Meego ainda) -- Topsy.com()

  • Pingback: Zumo Blog: Tecnologia. Opinião. Inteligência. » Hands-on: Nokia C6 e C7()

  • Muito boa a matéria, mas faltou alertar que o C6 em questão na foto e com o novo Symbian (creio) que é o modelo C6-00-01. Pois aqui no Brasil, já temos no site e homologado o C6-00-00 que é diferente deste da foto. E a primeira versão do C6 leva o Symbian antigo.

    • henriquem

      bem, o que vi aqui… é o que está aqui 😉 e obrigado por avisar que já temos o aparelho homologado pra venda!

  • Pingback: Zumo Blog: Tecnologia. Opinião. Inteligência. » Galeria de fotos: Nokia E7()

  • Guilherme TW

    O mais interessante é que alguns mercados (como o nosso) o Symbian está sendo odiado. É comum vermos comentários do tipo "Fail para a Nokia" ou "mimimi, a Nokia tem um bom hardware mas o S.O. é horrível".

    O que eu me pergunto, é o por quê dessas frases , pois o Symbian nunca foi ineficiente, ele só não evolui e se tornou obsoleto, mas que eu me lembro o S60 teve multitask desde sempre e só recentemente foi incorporado ao iOS.

    Se basear nas versões antigas do symbian para projetar o futuro dele é o mesmo que se basear nas versões antigas do WinMO , mas o que vemos não é uma rejeição maciça ao WinPhone e sim um hype do pessoal que acompanha as notícias.

    Não sei se essa caça as bruxas-Symbian está ocorrendo apenas aqui no brasil, mas acho estranho alguém criticar o symbian e ficar empolgadinho pra ver o WinPhone.

    • Paulo

      simples, o que ocorre é que a OVI Store parece a Antártica e a Android Store e a AppStore São Paulo num dia muito movimentado.

      Falta aplicativos para o Symbian, o 5530 da minha esposa que o diga… enquanto com o Windows Mobile 7 a Microsoft ta pagando para desenvolvedores portarem aplicativos de 3ºs, jogos então nem se fala, enquanto a OVI Store vai ficando mais vazia ainda…

      • wslemos

        Comprei um Nokia 5800 recentemente e estou me arrependendo… apesar de um bom celular os apps estão uma escassez total!

    • rhss_c

      interface, navegador e apps symbian nem se compara aos outros OS.

  • Li na Folha On Line que o N8 começou a ser fabricado no Brasil e será vendido por 1499,00 reais. O link para a reportagem é: http://www1.folha.uol.com.br/mercado/798593-brasi

  • dflopes

    e o (a)meego? alguma noticia desse friend?

  • São saudáveis essas mudanças na Nokia. A empresa deve se tornar ainda mais competitiva no mercado de smartphones. Meego e Symbian podem brigar com IOS e Android. O Symbian é um bom OS e está em evolução. Precisa melhorar o visual do Symbian, travar menos e ter mais aplicativos; por outro lado tem funções que outros sistemas ainda não implementaram e da mais liberdade de uso (não fica preso as políticas da Apple nem precisa de conta Google).

    • rhss_c

      Symbian nem trava tanto, claro quando tem um bom hardware

  • Pingback: Zumo Blog: Tecnologia. Opinião. Inteligência. » Gadget do dia: Nokia C3 Touch and Type()

  • Nunes

    Saiu na internet que os 3 smarts têm câmeras SEM autofoco…

    • Paulo

      num entendi isso, colocam uma câmera com muitos megapixels e capam ela ¬¬

  • Pingback: Nerdirama: De nerd pra nerd()

  • Rafael

    pessoal vi no site da nokia as especificações do nokia c6, que diz: software: S60 5ª Edição
    Symbian OS versão 9.4, esta é a versão nova do Symbian? o que vocês tem a dizer sobre esse aparelho, por ser lançamento, vai ter muita mudança?apresenta muito erro? vlw pessoal…

    • henriquem

      sim, é o novo Symbianˆ3, com novos recursos. não testamos o aparelho ainda.

  • Pingback: Zumo Blog: Tecnologia. Opinião. Inteligência. » Nokia: tchau Symbian (mais ou menos), oi Qt, oi MeeGo()

  • ainda preferiria que a nokia modernizasse o N900 e o 5800, lançando versões atualizadas com tela capacitiva, sistema operacional meemo/meego. Tanto o N900 quanto o 5800 são na minha opinião os melhores aparelhos dos últimos anos da fabricante desde o N95.

  • Pingback: Zumo: um resumo de 2010 | zumo()

  • Pingback: Hands-on: Nokia E7 — ZTOP ZTOP()

Próximo post:

Post anterior: