ZTOP

CEO da AMD deixa o cargo. Vice indicado como interino

Para quem acha que a grande novidade da AMD nesse início de ano ia ser a chegada dos chips Fusion er-rou! Ontem a noite (10/jan — tarde de segunda nos EUA) a empresa anunciou que seu presidente e CEO Dirk Meyer deixou o cargo que será assumido interinanente pelo seu vice-presidente e CFO Thomas Seifert.

O mercado foi pego de surpresa pelo anúncio já que Meyer representou oficialmente a AMD durante a CES 2011 na semana passada. No blog oficial da empresa, Bruce Claflin chairman da mesa de diretores da AMD declarou que:

Dirk se tornou CEO em tempos difíceis. Ele estabilizou a empresa ao mesmo tempo que concluiu diversas iniciativas estratégicas como o lançamento da GLOBALFOUNDRIES, encerrou de maneira bem sucedida o processo litigioso contra a Intel e entregou a APU Fusion para o mercado“.

OPS… vamos fazer uma pausa para tentar entender a declaração acima:  Para quem não sabe, Meyer é engenheiro por formação e esteve envolvido em alguns dos processadores mais notáveis dessas últimas décadas — o DEC Alpha e o AMD Opteron — só isso mostra que fazer chips é com ele mesmo — o que deve ter sido um talento crucial para a AMD passar por esses tempos difíceis citados por Clafin.

Mas como é comum entre aqueles que não se criaram nas áreas de administração e negócios, pode ser que Meyer ainda não tivesse o traquejo necessário e a conversa mansa do pessoal de marketing e vendas — talentos necessários para qualquer pessoa numa posição de liderança como a dele.  Dito isso dá pra entender o resto da  declaração de Clafin:

No entanto, a mesa de diretores acredita tem a oportunidade de criar mais valor para os acionistas ao longo do tempo. Isso vai exigir que a empresa tenha um crescimento significativo, estabeleca a liderança de mercado e gere retornos financeiros superiores. Acreditamos que uma mudança na liderança, neste momento irá acelerar a capacidade da empresa para alcançar esses objetivos.

Ou seja, brigadão Dirk, você foi um cara legal e sua contribuição para a empresa foi inestimável, mas precisamos de um cara novo para gerar mais retorno e deixar nossos acionistas mais contentes…

Depois dessa, dá pra desconfiar por que Pat Gelsinger desistiu de querer ser presidente da Intel e foi para a EMC.

Ainda em tempo:

Em outra parte deste anúncio, apesar de Seifert ter sido indicado como CEO interino, ele já foi avisado para não se acostumar com a cadeira de Meyer:

Seifert will maintain his current responsibilities as CFO and has asked not to be considered for the permanent CEO position.

Logo, quem quiser se candidatar ao cargo de CEO pode tentar mandar seu currículo aqui.

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World. Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.