ZTOP

Câmera-bola cria panoramas esféricos

A idéia de criar grandes cenas panorâmicas a partir de um monte fotografias digitais não é novidade, mas a maneira como o engenheiro alemão Jonas Pfeil faz isso é, no mínimo, genial.

Ele montou 36 câmeras de celular com foco fixo e 2 megapixels de resolução cada, dentro de uma invólucro na forma de bola protegida externamente por placas de espuma.

A grande sacada nesse caso é que essa engenhoca possui um acelerômetro interno que mede o impulso inicial com que ela é arremessada para cima e, ao chegar ao ponto mais alto, dispara todas as câmeras ao mesmo tempo, criando assim um conjunto de imagens que cobre praticamente todo o campo de visão da esfera.

Feito isso, a bola é recolhida e seus dados são transferidos para um PC onde um software especializado junta todas as imagens permitindo assim que o usuário explore todos os cantos da cena capturada, do nadir até o zênite.

O vídeo abaixo explica melhor esse conceito:

Essa idéia é baseada na tese de formatura de Pfeil na Universidade Técnica de Berlin e o protótipo dessa bola será apresentada no SIGGRAPH Asia 2011. A patente do produto ainda está pendente, mas o engenheiro já procura investidores para sua idéia.

Mais informações aqui.

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World. Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.