ZTOP

AutoCAD vai para nuvem

Batizada de Autodesk Cloud, nova iniciativa permite que os usuários incorporem os recursos de Cloud Computing nas suas rotinas de trabalho.

A Autodesk anunciou um novo pacote de serviços que permite aos seus usuários registrados e assinantes tirar proveito dos novos recursos oferecidos pela computação na nuvem.

Já tínhamos ouvido esses planos em abril passado durante o Autodesk Channel Summit, de Andrew Anagnost, VP de suítes, web services e assinaturas da empresa que por sinal, foi o mesmo executivo que apresentou essa iniciativa durante um webcast para a imprensa internacional.

Por enquanto a idéia não é de portar o AutoCAD para a nuvem e sim permitir que os usuários utilizem o poder da mesma tanto para ter em mãos seus projetos a qualquer hora e em qualquer lugar por meio de aplicativos móveis como o AutoCAD WS.

Entretanto, a sacada mais interessante dessa iniciativa é que a Autodesk passa a também oferecer serviços de processamento na nuvem (Web Services) para diversas de suas ferramentas, permitindo assim que seus usuários possam realizar tarefas pesadas como renderizar imagens, manipular e simular seus projetos, fazer simulações e análises de consumo de energia etc. em servidores remotos, liberando assim seus computadores locais para outras tarefas. Segundo Anagnost, a empresa utiliza tecnologia Citrix para processamento remoto e os serviços de nuvem da Amazon Web Services.

E como vai funcionar esse serviço? Segundo ele disse que haverá inicialmente duas modalidades de uso ou conta:  Uma mais simples e gratuita (Free Account) com direito a 1 GB de armazenamento na nuvem para usuários registrados (dono de uma simples licença de uso) e outra mais elaborada (Subscription Customer Account) com direito a 3 GB para cada estação de trabalho e voltada para os usuários “assinantes” que pagam uma taxa anual e comdireito a vários benefícios, incluindo a atualização periódica de versões. Interessante notar que o Autodesk Cloud já está disponível em português brasileiro (yay!)

E o que diferencia uma conta da outra? Como era de se esperar a conta gratuita só dá direito ao compartilhamento, visualização e edição de projetos (via Autocad WS), e a versão para assinantes dá direito a todas as novas ferramentas da nuvem:

Ou mais exatamente:

  • Renderização no Autodesk Cloud ― Clientes Autodesk Subscription dos níveis Premium ou Ultimate dos programas Autodesk Design Suite e Autodesk Building Design Suite.
  • Otimização do Autodesk Inventor ― Clientes com Subscription dos níveis Premium ou Ultimate dos Autodesk Product Design Suites.
  • Análise de energia conceitual do Autodesk Revit ― Clientes com Subscription para o software Autodesk Revit Architecture ou Autodesk Revit MEP, ou para suítes selecionadas que contêm esses produtos.
  • Software de análise de energia na web Autodesk Green Building Studio ― Clientes com Subscription para o Autodesk Building Design Suite e outros produtos selecionados
  • Software Autodesk Buzzsaw como um serviço (SaaS) ― Clientes Autodesk Subscription para o software Autodesk Vault Collaboration AEC.
Com relação ao espaço de armazenamento na nuvem, cheguei a perguntar para Anagnost se haveria a possibilidade do usuário poder requisitar ou mesmo “alugar” mais memória.
Ele explicou que inicialmente não, já que a e empresa ainda precisa analisar como o Autodesk Cloud irá se comportar no mundo real com milhares de usuários alocando dados e consumindo recursos de processamento e de rede. De qualquer modo, ele acredita que até o ano que vêm eles tenham condições de criar novas ofertas, incluindo mais armazenamento na nuvem.
Finalmente o executivo anunciou uma nova aplicação móvel específica para acessar documentos do Autodesk Cloud, o Autodesk Design Review Mobiledisponível para iOS:

Para mais informações os clientes podem entrar em contato com seu revendedor local ou visitar o site da empresa.

 

 

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World. Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.

  • Josué

    O problema enfrentado pelos usuários de AutoCAD é a idioma…a tradução para o português não ficou muito boa; tanto que as certificações que ano passado eram feitas com o software em português estão sendo feitas este ano com os comandos em inglês