ZTOP

APC traz novos produtos para o Brasil

apc_intro.JPG

Mais conhecida pelas suas soluções de proteção e disponibilidade de energia, a APC Brasil apresentou hoje seus novos produtos para uso pessoal e doméstico, que podem ser classificados em diversos segmentos, como no-breaks, filtros de linha, acessórios para AV (áudio e ví­deo) e para portáteis.

No-breaks e protetores de linha
apc_rs1300va1500va.JPG

No segmento de no-breaks para usuário final, as grandes novidades são os modelos Back-UPS RS 1300VA (BR1300LCD, R$ 724) e Back-UPS RS 1500VA (BR1500LCD, R$ 840). Além do preço, a diferença básica entre os dois modelos é a potência de 780 e 865 watts, respectivamente.

Segundo o fabricante, a autonomia estimada é de 136 minutos para o do 1300VA e 154 minutos para o 1500VA. Em ambos os casos considerando a ligação de um desktop com um monitor LCD de 15″.

apc_rs1300va_painel.JPGSe comparado com o RS 1200VA, os novos modelos são ligeriamente menores e equipados com um elegante painel LCD de fundo laranja, que apresenta até 20 informações diversas sobre o estado do equipamento como voltagem de entrada/saí­da, carga da bateria, autonomia em minutos etc. Além dos filtros de proteção para telefone/fax/rede, os novos equipamentos agora vem com conexão para cable modem / TV a cabo.

apc_essential.JPGEntre os protetores de linha, a APC lançou dois modelos de entrada: o APC Essential SurgeArrest – P6B (preço sugerido: R$ 31) e P7T (preço sugerido: R$ 53) que oferecem proteção contra raios, surtos, picos de energia e LEDs indicativos de proteção e fiação correta.

O que chama a atenção desses modelos é sua estratégia “suicida”, ou seja, no caso de uma sobrecarga vinda pela rede elétrica, eles se sacrificam absorvendo toda a pancada, até “queimando” para proteger os equipamentos nele ligado. A idéia é que é preferí­vel perder uma régua de R$ 30 do que milhares de reais de seus preciosos eletrônicos.

apc_essential_open.JPGO P6B ainda vem com um curioso recurso de segurança na forma de uma tampinha para cada tomada que impede, por exemplo, que uma criança insira algum objeto na tomada. Para ter acesso aos contatos elétricos, basta girar sua tampinha branca.

Para aqueles que não apreciam essas práticas suicidas, a APC possui dois modelos da sua linha SurgeArrest Professional PRO7 (R$ 81) e PRO8 (R$ 89) que, como o próprio nome diz, vêm com sete e oito tomadas respectivamente.

apc_pro.JPGA grande vantagem sobre os modelos de entrada é que eles vêm equipados com disjuntor que só precisa ser rearmado no caso de uma sobrecarga de energia. Isso dispensa o uso de fusí­veis que, quando queimam, nem todo mundo tem um de reserva para substituí­-los.

Outra diferença entre os modelos (de cima para baixo) PRO7 e PRO8 é que este último possui algumas tomadas com maior espaçamento entre si, o que facilita a instalação de blocos transformadores.

íudio e ví­deo

apc_jseries.JPGPara o segmento de home theater, a APC oferece produtos especí­ficos como o impressionante condicionadores de energia APC AV séries H e J com preços sugeridos variando de R$ 1.029 até R$ 2.454. Eles são donos de um formato e acabamento que harmonizam com os equipamentos de áudio e ví­deo do usuário sem arruinar com a decoração. Fora isso, eles vêm com filtros especiais e conexões especí­ficas para aplicações de áudio de ví­deo.

Para aqueles que não precisam de tanto, a APC tem um protetor de linha especí­fico para aplicações de AV, o APC Essential A/V Surge Protector P8T3V (R$ 145).

Acessórios para portáteis

apc_bags.JPGTalvez este seja o segmento com mais novidades, com pelo menos cinco novas bolsas para notes em diversos formatos como mochilas, bolsas tira-colo, pastas tipo envelope e até malas com alça e rodinhas. Os preços variam de R$ 92 até R$ 254.

Como é comum na linha APC, todos os modelos são compatí­veis com os carregadores universais da APC como o Universal Power Adapter UPA9, cujos cabos passam por aberturas especí­ficas dentro da bagagem permitindo a recarga de um notebook + dois dispositivos USB sem ter que retirá-los de seus respectivos compartimentos. basta esticar o cabo de força da mala e ligá-lo na tomada mais próxima.

Outra novidade desses modelos é seu interior em tons claros, o que facilita a localização de objetos no seu interior. O Business Case Small BackPack TC1450N (R$ 142) em especial, vem com um compartimento interno para iPod com saida de fone de ouvido que sai na sua correia do ombro.

Finalmente, entre os acessórios diversos estão as baterias universais para notebook, UPB50 de 50 Wh (R$ 536) e UPB70 de 70 Wh (R$ 924). Ambos modelos externos que oferecem autonomia adicional em torno de quatro e seis horas, respectivamente.

apc_battery_50a.JPGapc_battery_70a.JPG

Fora isso, a APC também apresentou dois inversores de energia, que transformam corrente contí­nua de 12V para 120V ou 230 V (dependendo do modelo). São eles o PNoteAC150 de 150W (R$ 142) indicado para para notebooks e o PNoteAC350 de 350W (R$ 223), voltado para aplicações mais pesadas, permitindo inclusive ligá-lo diretamente em uma bateria de carro por meio de garras jacaré.

apc_pnoteac150.JPGapc_pnoteac350.JPG

Que medo… ;^)

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World. Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.

  • Pingback:   Review: Bateria externa APC UPB70 by Zumo Blog: Tecnologia. Opinião. Inteligência.()

  • Pingback: Review: Bateria externa APC UPB70 « mnagano.com()

  • Rau

    Faltou as versões dos SurgeArrest (protetores anti-surto) de 220V (230V)! O Brasil não é apenas 120V! Pelo menos no site da APC, todos esses protetores de linha são para 120V, mas eles têm uma linha européia em 230V, que funcionaria no Brasil se não fosse as tomadas de padrão europeu.

    Outra coisa, as tomadas deveriam seguir o formato do padrão brasileiro, pra pinos arrendodados tb. Pra ligarmos esses aparelhos nesses protetores, só usando adaptadores.

  • Rau

    Mais uma coisa, o modelo Pro 8 e 7 usam os mesmos recursos de proteção que os modelos mais simples, tb são “suicidas”! A materia leva a crer q esses modelos absorvem os surtos e podem ser reutilizados. O que eles possuem é um disjuntor que em caso de sobrecarga de equipamentos ou curto-circuito, que é diferente de surtos e raios, ele desarma. Mas a proteção anti-surto, contra picos e certas ações de raios, são absorvidas e deviadas por um componente eletronico chamado varistor, que se queima em caso de alta absorção de energia de surto. Qualquer um desses ai funciona da mesma maneira.

  • Oi Rau,

    Você tem razão nas suas observações. É que quando escrevi essa nota, interpretei ambos os fenômenos como sobrecargas de energia.

    Brigadão pelo esclarecimento.

  • Marcelo Camargo

    Caro Mario Nagano,
    Tudo bem???

    CRÍTICA ” PORQUE VOCÊS NÃO COLOCAM O TELEFONE NO SITE DE VOCêS, TENHO VÁRIAS DÚVIDAS SOBRE APC, TENHO CLIENTES PARA PARCERIA, MAS NÃO CONSIGO FALAR COM NINGUÉM AÍ NA APC. SEMPRE TEM QUE PREENCHER UM BOX . Preciso de uma empresa que tenha um atendimento mais quente, via telefone e não por email.
    Por favor, será que você pode nos ajudar e me passar um telefone.
    abraços,

  • Rau

    Marcel Camargo, acho que o pessoal desse blog não possui vínculos diretos com a APC, eles estão apenas divulgando os produtos aqui. Entre no site da APC, no link “contato”, lá vc vai achar as formas de contato com eles.