ZTOP

Hands-on: Angry Birds na Samsung Smart TV

P1010146

No plano de dominação mundial dos passarinhos com raiva, a TV é o próximo passo.

Duas famílias de Smart TVs da Samsung (séries 7 e 8) são compatíveis com o game, que pode ser baixado de graça na loja de aplicativos. A fabricante coreana fez hoje uma sessão de demonstração do jogo na TV grande, sem usar controle remoto ou toque na tela. E foi bem divertido.

A lógica do jogo é a mesma. Na verdade, é o primeiro game/grande nível (“Poached Eggs“) que já cansei de jogar no iPhone, no Android e no iPad, com – diz a Samsung – 189 níveis. Mas… se não tem toque na tela, como joga? Simples: com a mão.

O jogador precisa se posicionar na frente da TV (pelos meus cálculos, 1,5 metro ou mais, dependendo da altura do jogador), usar os gestos da Smart TV para navegar pelos aplicativos e entrar no Angry Birds.

Tudo é igualzinho: a tela inicial, os níveis, a dificuldade. Só que aqui não vai dar (ainda) pra correr pro YouTube e procurar uma dica (talvez usar o tablet ou smartphone ali ao lado…).

A curva de aprendizado é um tanto complicada no começo (confesso que o braço doeu um pouco): você fica na frente da tela, espera a mãozinha indicadora aparecer, levanta seu braço, dá um tchauzinho para a televisão entender que você está lá e começa a jogar.

Com a mão fechada, você “pega” o estilingue e se prepara para atirar.

Ajuste o ângulo, abra a mão e póim, o passarinho vai (invariavelmente) pro chão nas primeiras vezes. Naqueles níveis do passarinho azul múltiplo de três (você sabe), e pra fazer “estourar” a bolha e liberar as três pestes? (tem que fechar e abrir a mão rápido, e isso é… complicado).

Mais fácil explicar em vídeo, com a mão do demonstrador da Samsung.

Mas e a TV reconhece toda hora que sua mão está ali?

Não. A câmera (depois descobri que dá para ajustar a altura) no topo da tela nem sempre entende que sua posição é a correta – mão no meio da tela, em resumo – e deixa a tela em preto e branco, com a mãozinha colorida, como a imagem abaixo. É mais comum do que se pode imaginar, e é mais uma questão de prática mesmo.

De qualquer modo, é um baita diferencial e mais uma atração para a TV conectada da Samsung. A série 8 (modelos ES8000) tem tamanhos de tela de 46″, 55″ e 65″  e a série 7 (ES7000), 55″ e 46″ – ambas com tela de LED, design ultrafino de 5 mm, Wi-Fi embutido e 3D Full HD. (alô Rovio, cadê o Angry Birds 3D? :P).

E, óbvio, passada a fase de apanhar dos passarinhos, a TV tem de tudo para se tornar mais um local de vício nos Angry Birds.

Em tempo: olha só quem aparece na lista de parceiros da Samsung em conteúdo para Smart TVs, entre Netflix, Terra e Vudu… (imagino que seja de parceiros globais, mas os parceiros de telecom são brasileiros… longe de eu querer especular algo, certo?). De qualquer modo, se rolar Hulu Plus no Brasil (err, rola, né?) de maneira oficial, adeus TV a cabo – e você leu antes aqui no ZTOP.

 

 

Henrique Martin já escreveu na PC World, PC Mag, Folha de S. Paulo e criou o Zumo em 2007. Em 2011, o Zumo se transformou no ZTOP, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC. Siga-o no Twitter: @henriquemartin