ZTOP

Ah, os piratas

A Folha de S.Paulo traz hoje a notí­cia: brasileiros fizeram o download de mais de 1 bilhão de canções em 2005, num total de 2,9 milhões de brasileiros que baixam músicas pela internet.

Alô ABPD, alô gravadoras! Com CDs custando R$ 40 (poxa, dá pra comprar dois DVDs em promoção nas Lojas Americanas com isso – comprei dois do Monty Python) e lojas online limitadí­ssimas por conta dos contratos com as próprias gravadoras e a incompatibilidade dessas músicas com aparelhos de MP3 populares como o iPod, o povo vai baixar música mesmo.

Só pra fazer uma comparação básica, o Brasil tem hoje 4,7 milhões de conexões banda larga, segundo o último “Barômetro da Banda Larga”, divulgado esta semana pela Cisco Systems e pelo IDC. Com conexões muito rápidas e o preço caindo em velocidades proporcionais, sim, cada vez mais gente vai baixar música.

Claro que tem uma questão da cultura por trás disso. Tem que ter CD mais barato, tem que ter ingresso pra show mais barato, tem que parar de pagar jabá em rádio pra tocar música ruim. Tem que oferecer músicas extras no CD, colocar DVD, inserir multimí­dia, sei lá. Extras, sabe, que nem no DVD? Então, quem sabe esse não é um caminho? E, claro, investir nas benditas lojas online. Com um bom preço e tentar ser amigo do seu consumidor – e não vê-lo como inimigo, quem sabe não se chega a uma solução?

Henrique Martin já escreveu na PC World, PC Mag, Folha de S. Paulo e criou o Zumo em 2007. Em 2011, o Zumo se transformou no ZTOP, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC. Siga-o no Twitter: @henriquemartin

  • As gravadoras são muito ultrapassadas. Acho que elas não vão aprender nunca que o CD esta sendo substiuido, mesmo eles não querendo isso.

Próximo post:

Post anterior: