ZTOP

5 ideias para o celular do amanha (The Way We Live Next 3.0)

Speedhero: chutes via microfone

The Way We Live Next 3.0 – Como diz o Nagano, o que não seria dos eventos de futurologia se, logo após um monte de palestras, não tivesse uma feirinha com demonstrações de coisas reais, projetos de pesquisa e pura viagem.

São 20 projetos em demo aqui na Nokia House, em Espoo, e selecionei os cinco mais interessantes (no meu ponto de vista). Alguns deles foram feitos pela própria Nokia, outros por desenvolvedores independentes.

1) Speedhero

Em vez de usar um radar para medir a velocidade dos seus chutes de perna de pau (ou, pra dizer a verdade, não usar nada), por que não usar o celular para isso? Esse é o conceito do Speedhero, um aplicativo para Symbian (S60 3a e 5a edição) e S40 (=celulares mais velhos).

Após ser ativado, o aplicativo usa o microfone do celular (a demo foi feita nesse N97 branco aí em cima) para capturar o som do chute inicial e… medir a velocidade. Depois, ele fala bem alto (e mostra na tela) a velocidade atingida. Diz a Entertainer, produtora do aplicativo, que o Speedhero é “bastante preciso”. Tem versões para tênis, futebol, hóquei no gelo, vôlei e floorball (uma variante do hóquei), e já está à venda por 5,99 euros.

Veja em vídeo:

2) JoikuBoost

O netbook estava conectado a três celulares simultaneamente

JoikuSpot é um velho conhecido de usuários de Symbian que transforma seu celular em um hotspot Wi-Fi. JoikuBoost é isso com esteróides: em vez de um celular apenas, dá para adicionar até cinco (sim, cinco) aparelhos 3G que dão um gás na conexão (ou, como os caras da Joiku falaram na demo, vários aparelhos 3G viram uma conexão 5G). Problemas: acaba com a bateria de todo mundo em pouco mais de uma hora de uso e, bem, quem tem mais de um celular com 3G para funcionar desse modo? Em breve, o JoikuBoost será compatível com modems USB também. Já disponível para download, em beta gratuito.

3) Explore & Share

Explore and Share

Esse é um dos projetos mais conceituais (e que estão nos laboratórios da Nokia) demonstrados aqui hoje: uma tecnologia de baixo consumo de energia que permite transferir conteúdo de um ponto de venda para um celular. A demo foi feita usando um N900 que, ao encostar na base, é identificado pelo sistema. Com toque na tela do computador, é possível comprar e transferir conteúdo em segundos (uma música em MP3 levou 10, na verdade). Sem previsão de lançamento.

4) Lifecasting with Ovi

Lifecast: do celular para o Facebook

Sim, é um N97 mini na foto. O Lifecasting with Ovi é um aplicativo, ainda em testes beta, que envia dados para o Facebook. É uma espécie de MotoBlur que envia dados (incluindo localização, algo que o serviço da Motorola ainda não faz) com link para um mapa (da Nokia, óbvio) e atualização do status da pessoa. O widget fica ativo na home do N97 (por conta do conceito da tela inicial customzável dele) e registra sua localização de tempos em tempos. Quando você quer falar algo no Facebook, ele publica direto seus dados com o mapa e link. Os testes beta são fechados por enquanto.

5) Nokia Data Gathering

explore_cel

Apesar do nome em inglês, esse é um projeto do Instituto Nokia de Tecnologia feito em Manaus. É um sistema para rastrear e ajudar a controlar a dengue na cidade: em vez de carregar um formulário, um aplicativo para o celular traz os dados a serem preenchidos. Os dados do formulário vão para a web, onde são tabulados e mostrados em mapa, tornando mais fácil a localização de focos do mosquito.

Já em uso em Manaus, e os pesquisadores usam um E71 para coletar informações.

explore_mapa

Henrique Martin já escreveu na PC World, PC Mag, Folha de S. Paulo e criou o Zumo em 2007. Em 2011, o Zumo se transformou no ZTOP, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC. Siga-o no Twitter: @henriquemartin